O dia em que conheci a Dra. Ruth

Conheci a Dra. Ruth no auge dos seus 92 anos. Sorridente, espontânea, agitada e com uma história de tirar o chapéu. Sobrevivente do holocausto, três casamentos, mãe solo e uma carreira falando sobre um tema sempre tabu: sexo. A mais famosa terapeuta sexual dos Estado Unidos nasceu na Alemanha em uma família de judeus ortodoxos.

Aos 10 anos, ela viu seu pai ser levado pelos nazistas. Temendo a perseguição aos judeus, foi enviada de trem, junto com outras crianças judias, para a Suíça pela mãe e pela vó. Dra. Ruth viveu em um orfanato suíço até o fim da guerra. Naquela época, ela foi proibida de realizar o ensino médio e contou com a ajuda de um amigo do orfanato que passava tudo que aprendia na escola para ela.

Aos 17 anos, mudou-se para a Palestina e chegou a integrar o exército israelense. Casou-se e mudou-se para a França. Foi em Paris que conseguiu retomar os estudos e concluiu a faculdade de psicologia. Divorciou-se, casou-se com outro homem e entrou num barco com destino aos Estados Unidos.

Divorciou-se novamente e criou sua filha sozinha até conhecer seu terceiro marido, aquele que ela diz ter sido seu verdadeiro casamento. Seguiu estudando em universidades americanas e viu sua carreira decolando. Dra. Ruth foi pioneira em falar abertamente sobre sexo em rádios e programas de televisão.

É autora de dezenas de livros e segue dando aulas e palestras. Ainda vive no mesmo apartamento onde criou seus dois filhos e tornou-se famosa, em Nova York. Fomos apresentadas através do documentário Ask Dr. Ruth, ao longo de maravilhosos cem minutos.

Você também gosta de conhecer histórias de vida?

Clique aqui e converse comigo também pelo Instagram.

Foto autoral. Doces cores do caminho / Abril, 2021.

16 comentários sobre “O dia em que conheci a Dra. Ruth

  1. Uma história interessante da Dra. Ruth digna de um roteiro de filme. Seu grande mérito é querer fundir religião com sexualidade e com seus livros fez os americanos falarem sobre sexualidade sem inibições.
    Como sempre, um bom artigo que nos deixa mais interessados ​​neste tema. Bom fim de semana Nicole.
    Manuel Angel

    Curtido por 2 pessoas

Deixe uma resposta para filipamoreiradacruz Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s