Só vim para dançar

Foto autoral. Pássaro de gelo / janeiro, 2022.

Parece que existe uma crença geral de que toda mulher está em busca do príncipe encantado. Isso é tão verdade que quando uma mulher começa a namorar já chegam as mensagens: “nossa, que bom!”, “parabéns”, “fico feliz por você”. É como se agora ela finalmente tivesse alcançado o topo da montanha.

E tudo aquilo de maravilhoso que ela estava vivendo antes? E toda a vida dela? Existe mais parabéns quando uma mulher entra em um relacionamento do que quando é aprovada numa prova que sonhava, do que quando faz uma viagem incrível, do que quando consegue assumir um cargo desafiador.

Aos olhos do outro, para a mulher, sempre fica faltando algo quando ela não está em um relacionamento afetivo. E, quando está, faltam os filhos. E o curioso é que muitos desses fiscais da vida alheia não se perguntam o básico: será que todas as mulheres querem um relacionamento e uma família comercial de margarina?

Te digo com toda certeza que, hoje em dia, muitas estão escolhendo seguir por outros caminhos. Algumas casam “mais tarde” quando sentem vontade, outras vivem relações abertas, outras não querem filhos, outras querem focar na carreira e por aí vai. Ah, tipo como alguns homens já fazem há décadas.

Não posso deixar de citar o que passou com uma amiga. Ela estava em uma saída casual com um cara e ouviu a pérola: “não quero nada sério, ainda gosto da minha ex”. Ela, claro, fez cara de paisagem para ele e contou essa história rindo muito. E quem é que disse que ela queria alguma coisa com você, bonitão? Ela só veio dançar.

Até a próxima crônica!

Um comentário sobre “Só vim para dançar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s