Mania de histórias

Não tem nada melhor do que uma boa história. Ouvir, perguntar, aprender. Sentar e conversar sobre a vida, sobre o que passou para chegar até aqui, sobre o que busca. Tem tantas histórias bonitas escondidas em mentes inquietantes.

Tem aquele ser estressado ou mal humorado que é julgado pela capa, mas quando abre a boca para contar fatos de sua vida faz com que todos queiram saber mais. E a compreendê-lo. Trajetórias de vida que por vezes passam despercebidas do nosso lado e nem notamos o quanto poderíamos ter aprendido com elas.

A moça do mercado, o porteiro, aquela mulher brava do trabalho, aquele senhor que sempre está quieto. É um desenrolar de fatos subsequentes responsáveis por nos trazer até aqui. De nos construir até aqui.

São as histórias de cada pessoa que moldam o que são. Casos de superação, de perdas, de amor, de decepção… são muitos! Aqueles que tem alma curiosa tem mania de colecionar histórias dos outros. Guardam no seu cofre cerebral para se inspirar durante o acontecer da própria história. São frases, aprendizados, sentimentos.

Sou dessas que instigam o outro a contar sempre mais. Pode estar aí minha alegria ao sentar numa mesa de bar com um copinho de cerveja – e estar com saudades disso.

Foto autoral. Templo Shin Budista Terra Pura, Brasília / Distrito Federal, 2020.

19 comentários sobre “Mania de histórias

  1. mariogordilho

    De fato, você tem o dom natural de contar estórias. São ótimas, curtas, diretas, e que instigam, fazem pensar. Vai nascer um livro desse blog! Continue sempre nos instigando, só temos a agradecer! E em breve, se Deus quiser, com um copo de cerveja na mão!

    Curtido por 3 pessoas

  2. Hudson

    Que saudades de contar e de ouvir histórias ou de simplesmente jogar conversa fora. Se for no barzinho, com um copo de cerveja, melhor! Mas pode ser no cafezinho da tarde (lembra?), nos almoços e nos churrascos! A conversa virtual ajuda, mas nada se compara às conversas presenciais, de sentir a energia e a alegria dos amigos e das amigas, e de dar gargalhadas das piadinhas sem graça que alguns contam depois do décimo copo de cerveja!

    Curtido por 2 pessoas

  3. Chegando agora por aqui, me identifiquei muito, e creio que por isso que hoje em dias existem nós blogueiros, para espalharmos nossas histórias e nos inspirarmos com as histórias dos outros!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada pela presença, Juliano! Ainda estou engatinhando nesse mundo de blogs e estou adorando… liberdade para escrever, boas histórias para ler e novos vínculos. Falando em histórias, adorei as suas! Você escreve de forma leve e sem muitas voltas. Bom domingo!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s