Seguir o coração

Seguir o coração é uma frase um tanto abstrata para aqueles mais racionais e literais, eu sei. O que será que significa seguir o coração? Esse órgão que bate sem parar, acelera, não pode parar. Ouvi no curso de meditação que intelectualizar demais é um perigo.

Nem tudo na vida é explicado pela razão, exemplos são nossas sensibilidades e emoções. Tem vezes que estamos seguindo um caminho de forma já inconsciente – de tão habitual – e, do nada, algo revira dentro da gente. Ou uma oportunidade de nova rota surge do nada.

Sou fã das coisas que surgem do nada. Claro, as boas ou as que me mostram novas visões. Sentir o frio na barriga, sentimentos de avança e espera. Os adeptos da linha seguir o coração dão uma parada no roteiro, silenciam, conversam com bons ouvintes. E decidem pelo caminho que traz paz, alegria, vibração.

Na outra ponta, estão os mais racionais ou os que preferem a aparente estabilidade do conhecido. Em alguns momentos, analisam prós e contras e seguem. Noutros, já possuem certeza do caminho que estão seguindo e não alteram a rota. São muitas as formas de conduzir uma vida.

Dentre todas as direitas e as esquerdas com placas de siga, há aquelas que conduzem para experiências que colorem a alma, dão sentido para a existência, propósito. As boas escolhas transformam toda a caminhada. Alguns experimentam, outros executam. A gente se complementa.

Foto autoral. Perto do Maracanã / Rio de Janeiro, 2020.

35 comentários sobre “Seguir o coração

  1. Alex Antunes

    Seguir o coração! Que bela expressão! Gosto dessa expressão. O coração remete a emoções, a sentimentos… Penso que vivemos em um mundo cruel, onde as pessoas não se importam com os sentimentos dos outros. É claro que há exceções. Mas, no geral, é a lei da selva! Aí acho que entra a capacidade de desenvolver um sexto sentido, pois somente a razão não consegue lidar com os sentimentos alheios e os sentimentos alheios e próprios podem ser traiçoeiros. Então acredito que seja importante um sexto sentido, que seja importante a intuição, a fim de sabermos qual o melhor caminho a seguir.

    Curtido por 2 pessoas

      1. Alex Antunes

        Pois é, Nicole! 🙂 Obrigado pela dica de como escutar melhor a intuição. Confesso que tenho certa dificuldade de escutar minha intuição. Eu tento equilibrar razão e sentimentos e nem sempre consigo encontrar o melhor caminho, a melhor resposta nesse diálogo entre razão e emoções. Daí que de uns anos pra cá, tenho tentado dar mais atenção a essa 3ª via: a intuição. Mas tenho de admitir: não tenho uma boa intuição. Obrigado por sua dica. Ela vai me ajudar a ouvir melhor minha intuição. 😉

        Curtido por 1 pessoa

      2. Acredite na sua intuição, Alex. Todos nós temos! É que, por vezes, temos muitas influências externas que não nos deixam sentir o que a intuição/coração fala. 🙂

        Curtir

      3. Alex Antunes

        Obrigado pelo conselho, Nicole! 😀
        Eu vou me esforçar para não me deixar ser tão afetado pelas influências externas.

        Curtido por 1 pessoa

  2. Boa tarde Nicole…texto muito bom..explanado com sabedoria..parabéns…entre a emoção e a racionalidade..sou um pouco dos 2…aprendendo ainda a seguir pelo lado racional que de fato é o que nos conduz a tomada de decisões mais praticas acertadas.. porém em contra partida nao deixo de lado decisões levadas pelo coração delas são sentimentos nobres que julgo importantes.. se vamos acertar ou não nos deixando dominar pelo racional ou emocional so Deus e quem sabe…mas fato elas existem fazem parte do nosso ser.
    Boa tarde e fica c Deus!!

    Curtido por 2 pessoas

  3. Acho que nosso corpo fala muito, o que às vezes ainda nem conseguimos entender o corpo já está avisando e dando seus sinais. Aprender a senti-lo e entende-lo pode ser um desafio, mas um que vale a pena o esforço 😉

    Curtido por 3 pessoas

    1. Tão bom quando aparecem algumas respostas do nada, não é? Nem digo caminhos errados, mas o predomínio da racionalidade pode tirar a oportunidade de vivenciar coisas muito boas. Obrigada pelo comentário! 🙂

      Curtir

  4. Creio que a experiência começa a nos ensinar a por um pouco mais de coração na racionalidade. Não existe o 8 ou 80. Tudo vai depender da área de nossa vida que somos mais sensíveis ou não. Equilíbrio deveria ser a chave, mas seres humanos imperfeitos que somos, nem sempre dá certo.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Hudson José Capanema

    Nem só o coração, nem só a razão! Devemos buscar o equilíbrio! Entre os dois, prefiro a intuição com uma pitada maior de coração! É teu anjo da guarda provocando um frio na barriga ou fazendo teu coração acelerar! Mas o mais importante desse processo é saber que não vamos acertar sempre! Os erros são inevitáveis e são fontes de aprendizados! Mas independente dos acertos e erros e de correções de rotas, temos que ter objetivos! Pois se não sabemos para onde vamos, qualquer caminho serve!😊

    Curtido por 1 pessoa

    1. Já dizia o gato para a Alice no país das maravilhas, né? Tem que saber minimamente para onde está indo ou quer ir. Eu também acredito que é o anjo da guarda e que os erros sempre existirão. Sem eles, não aprenderíamos quase nada. Beijos e saudades!!!

      Curtir

      1. Hudson José Capanema

        Nem lembrava que essa frase era do gato para a Alice, afinal, quando li, você não era nascida! kkk
        Muitas saudades. também! Beijos

        Curtido por 1 pessoa

  6. Sobre, sentimentos e razão, a única razão que chegamos é a de que sem emoção, nada faz sentido, a razão sempre apontará para que vemos, já as emoções ligadas e irrigadas ao coração nos leva a uma outra atmosfera, nos tira do chão, e então, sentimos que a razão mesma é sentir e seguir as intuições do coração, pois de razão o mundo está cheio, e o que falta mesmo, são visitas nas nuvens e sentir o coração pulsante de razão de ser único, e no seu pulsar o sublime sentimento de amor, esse é a razão de vivermos. Ao longo, não há como saber o final da história e o melhor a se fazer é vivenciar tudo de forma única, independe de desfecho o melhor foi feito, não há de ter razão alguma de culpa, afinal, não há quando se ouve o coração e quando assim, a razão se cala, e as batidas sincronizadas do coração, nos diz que está pronto para viver mais momentos intensos e a razão lhe dá toda razão.

    Parabéns, pelo ótimo post!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s