O que acontece quando não falamos nada?

No meu último dia visitando Castanhal, interior do Pará, passei por uma situação desconfortável que me abriu os olhos para o Brasil fora da minha bolha. Estava no salão e apareceu um homem na faixa etária 60+. Cumprimentou as mulheres e sentou no sofá. Éramos cinco mulheres. Ele começou a falar sobre família, divórcios e mulheres.

Colocou a culpa nas mulheres para os relacionamentos não estarem “funcionando”. Citou uma passagem da Bíblia em que, segundo ele, dizia que a mulher deveria ser submissa, cuidadora do homem, da casa, dos filhos. O homem? O provedor. Tinha uma moça com uns 16 anos e eu fiquei absurdamente incomodada por ela estar ouvindo essas afirmações.

Imagina quantas vezes ela já escutou isso na vida? Eu tinha o dever de me posicionar. Comentei sobre ser mulher nos dias de hoje. Ou a me defender? Contei sobre os lugares que as mulheres estão ocupando, que ninguém é obrigado a casar, que mulher não tem a função de cuidar do homem e, se quisermos, podemos ser as provedoras da casa.

Ele desviou do assunto e começou a usar a “palavra de Deus” para atacar a homossexualidade e as religiões diferentes da dele. A fala daquele homem pode destruir a vida de uma pessoa. Pode destruir uma família. Quantos levam como verdade o que ele diz?

Rebati todas as falas dele e a única resposta era que um dia eu encontraria o “caminho de Deus”. Então saiu da minha boca: “será que, na verdade, Deus não está me usando para te ensinar sobre não julgar o próximo? Deus é amor e você não é melhor do que ninguém”.

Não mudei o pensamento daquele homem, mas posso ter mostrado uma nova visão para a moça de 16 anos.

O que acontece quando não falamos nada?

Clique aqui e converse comigo também pelo Instagram.

Foto autoral. Cristo olhando para todos, Rio de Janeiro / Julho, 2021.

6 comentários sobre “O que acontece quando não falamos nada?

  1. elcieloyelinfierno

    Século XXI? Não te preocupes; não faça o jogo de quem afirma carregar Deus nos lábios, e se torna retrógrado e xenófobo com todos os que pensam diferente. Não desperdice energia fazendo com que eles entendam, porque eles não o farão. Se cuida. Um abraço.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pois, minha cara… é o que penso, se alcançamos apenas um, o não silenciar já valeu a pena. Eu não quero mudar ninguém, mas não quero que ninguém me atinja com suas verdades antigas, dadas como certa, baseadas em crenças ou conceitos conservadores.
    Lamento muito que muitas mulheres acatem e leve adiante esse discurso e tentem convencer outras, desse argumento. Há mães que estão proibindo as filhas de irem a escola por acreditar que se forem inteligentes, não arrumarão maridos.
    Tudo isso em pleno século XXI…

    Curtido por 1 pessoa

    1. Tanta coisa acontece ainda… mas tenho esperanças de que estamos mudando e que ja evoluímos muito!
      O silenciar não vale mesmo a pena. Seguimos juntas nauta por mais igualdade e liberdade. Obrigada, Lunna 🌻

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s