Não deu certo. Será?

Foto autoral. Dia de neve / janeiro, 2022

Encerramentos de ciclos costumam ser difíceis para muita gente. E eu me incluo nessa. Geralmente, meu processo de encerrar algo começa uns seis meses antes da decisão final. É um momento de pensamentos e sentimentos intensos, algumas vezes até angústia.

Diria que nossa vida é feita desses ciclos com início, meio e fim. E eles dão certo durante o período que devem durar. Assim também é com o amor. Encontros que duram doze anos, três anos, um mês, dois dias deram certo. Acredite: eles deram certo.

Às vezes algo foi lindo durante um tempo e depois que termina parece que nada sobrou, só mágoas e rancor. Será que o problema está na forma como o ciclo é encerrado? Na não aceitação de que chegou a hora do fim?

A crença de que só é bom aquilo que dura “para sempre” é mais uma caixinha apertada, que não dá nem para abrir os braços. É para “ser eterno enquanto dure”, enquanto fizer sentir e fizer sentido. O tempo de duração é o que menos importa. Que mania a nossa de contar o tempo.

Lembro quando estava prestes a terminar um relacionamento de três anos e meu ex-namorado disse: “não sei se tento te reconquistar ou se te deixo ir”. Foi triste demais, como quase todo fim, mas me deixar ir foi o maior ato de amor que ele fez por mim.

7 comentários sobre “Não deu certo. Será?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s