O que a quarentena tem te ensinado?

Entre muitas notícias tristes, a quarentena pode ser uma oportunidade para repensar nossas escolhas. Um período em que estamos sendo obrigados a olhar para nós mesmos e a encarar nossas fraquezas sem ter para onde fugir.

Também é um momento que pode aguçar a inspiração e a vontade de criar algo novo. A fazer mais pelos outros.

Ainda tem egoísmo? Tem. Ainda tem vaidade? Claro que tem. Só que também tem surgido muita bondade no meio disso tudo.

Pode ser que hoje esteja difícil entender, mas lá na frente vamos olhar para trás e pensar sobre o quanto realmente foi necessário.

Praias estão ficando limpas, céu com menos poluição, peixinhos aparecendo onde antes era só lixo, ruas em silêncio. Somos nós e a Terra, ambos em pausa.

Pausa do que é supérfulo e material, mas de muita produtividade interna que pode ser externalizada de belas formas.

Lembra aquilo que você adorava fazer na adolescência e passou a não ter tempo? Sei lá. Pode ser tocar violão, voltar a estudar uma nova língua, cantar, criar aplicativos. No meu caso, estou escrevendo mais.

Comecei a perceber como eu amo isso, como é natural para mim e como pode ser uma forma de inspirar as pessoas. Claro, não para que sigam meu caminho, mas para que busquem o que faz o coração vibrar.

Quando estamos na rotina acelerada, não conseguimos parar e sentir o que nos alimenta a alma. A oportunidade está sendo agora. Apesar de tudo, podemos espalhar boas sementes por aí.

Fique bem!

Foto: Bonito/Mato Grosso do Sul, carnaval de 2014.

2 comentários sobre “O que a quarentena tem te ensinado?

  1. Eu tenho cozinhado MUITO mais, lido muito mais, cuidado mais da casa (não só no sentido de limpar, mas de cuidar mesmo).

    Contraditoriamente, tenho menos tristeza e estresse hoje, do que antes, com a vida “cheia” de programações…

    Devo ser tipo o céu e os rios, que estão se despoluindo!

    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

    1. Você não é a única! Me sinto igual… Antes, achava que detestava arrumar a casa. E hoje vejo que era simplesmente porque tinha pouco tempo “sobrando”.

      Acaba que esse momento está sendo uma pausa para a gente respirar e realinhar os trilhos. Até me sinto estranha por estar vendo coisas positivas…

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s