A resposta: O caminho do meio

No domingo, recebi um vídeo do grupo Com fé, café e achei a coisa mais linda. Se não conhece, dê uma olhada. Abri a descrição para ver se tinha a letra da música/poesia e lá estava: uma resposta para nossa última conversa sobre extremismo.

Eles citaram o caminho do meio. Eu nunca tinha ouvido falar sobre isso! O terceiro sentido que nos liberta das dualidades ilusórias, contam. Entre os extremos é onde encontramos belezas: sabedoria, equilíbrio, neutralidade, vida, mar de possibilidades e uma aquarela de cores.

Rótulos apenas têm a função de limitar nossa mente, nossas ações e nosso coração. Pisar no outro lado da corda eu não vou, mas não sei nem o que ele(a) está falando. Somos seres infinitos e recebemos o presente de poder usar nossa imaginação livremente, de ser o que queremos. É como dizem: entre o 8 ou 80, temos 72 outras opções.

Sejamos e façamos o que nos faz bem. Coloquemos em prática aquilo que acreditamos. Discursos não nos levam a lugar nenhum. Nem paradigmas.

E receber esse vídeo foi mais um ato de afeto nesse período em que estamos distantes fisicamente. Não sei o que seria de mim sem a arte para me abraçar: música, poesia, livros, escrita, filmes. A arte é o que está nos salvando.

Você já conhecia o caminho do meio? Faz sentido para você?

Foto autoral. Horta crescendo em Águas Lindas / Goiás, julho de 2020.

27 comentários sobre “A resposta: O caminho do meio

  1. Eu tenho aprendido muito sobre o caminho do meio. Não é tão simples se desconstruir, mas uma vez que damos o primeiro passo, a sensação de estar evoluindo paga o esforço. Às vezes a gente bambeia, mas faz parte, o importante é não desistir, tanto por nós quanto pelos outros.
    Eu diria, que se teve algo bom nessa quarentena, foi a evolução espiritual que tem me proporcionado e também o tempo para refletir e estudar para me desfazer de paradigmas e pré conceitos. Olhar o mundo com outros olhos tem sido enriquecedor, e diria ainda, que você tem uma parcelinha de “culpa” nesse meu processo rs Seus textos são ótimos e me fazem refletir bastante e, por isso, eu só tenho a te agradecer 💕

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que lindo! Você é uma querida. Acredito que estamos construindo um ótimo espaço para inspirar e acolher aqueles que estão confusos e angustiados.

      A quarentena também foi meu pontapé! Só com ela consegui parar e organizar minhas ideias. O processo não é nada fácil, porque precisamos olhar para nós mesmos, mas vale a pena. E é possível sentir paz no coração. Beijos e obrigada pelo carinho!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Hudson

    Não conhecia o termo, mas acredito que o melhor caminho está longe dos extremos! Também não conhecia o grupo Com fé, café! Também achei o vídeo a coisa mais linda! E que letra linda e impactante:
    “ … eu escolho o que eu quero ser, eu abro o coração, confio e dissolvo o que é ruim , o infinito habita aqui dentro de mim…”! Perfeito!

    Curtido por 1 pessoa

      1. É mesmo,não que o pessoal dos outros estados também não faça,mas parece,por alguns que conheço,que os mineiros buscam,pesquisam,investigam muito,no bom sentido,é claro.Têm a capacidade de descobrir coisas maravilhosas.

        Curtido por 2 pessoas

  3. miragem da objetividade

    Sou discípulo do caminho do meio muitas vezes e nem sabia, ora essa. Enriqueceu, somou, de novo, dona Nicole!

    “Entre os extremos é onde encontramos belezas: sabedoria, equilíbrio, neutralidade, vida, mar de possibilidades e uma aquarela de cores.” Rapaz que sacolejo gostoso!

    “É como dizem: entre o 8 ou 80, temos 72 outras opções.” Essa aqui confesso que não conhecia mas já sou adepto. Irei usar.

    Tão necessário, muitas vezes, pertencer ao meio, apenas fitar os extremos, tão extremos. Fico ali, as vezes, num sonho ou pesadelo muito longo visito o extremo, num estímulo passageiro, acordo, e olha eu aqui no meio de novo. Abreijos dona Nicole.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Pelo que li por alto, esse caminho do meio vem do budismo, mas ainda não parei para estudar com calma. E, sim, também achei sensacional pensar como o meio é vasto.

      As coisas não precisam ser preto no branco, podem ser arco íris e outras combinações. Os extremos sempre limitam nosso potencial de ver além.

      Fico feliz por te dado um sacolejo! Assim que é bom. Veja se gosta do grupo. Beijos ✨✨

      Curtido por 1 pessoa

  4. Os filósofos gregos da antiguidade, renomados como Sócrates re Aristóteles… A Sócrates é atribuído a ideia do “Justo meio das coisas”… Aristóteles, fala que existem três modalidades da atividade humana, a saber: teoria, poesis e práxis… Veja que entre a teoria e aquilo que denominamos de prática, bem no meio delas está a ‘poesis’. Isto mesmo: a poesia, considerada como o impulso do espírito humano para criar algo a partir da imaginação e dos sentimentos. Arte de viver por excelência. Guimarães Rosa traduziu esta ideia na clássica frase: “o real não está na saída nem na chegada: ele se dispõe para a gente é no meio da travessia”.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s