Cuidar de si mesmo

Ouvi dizer que somos a nossa casa. E não é que é mesmo? Tem bagunça acumulada junto com louça suja. E a limpeza geral do final de semana com cheirinho bom. Não dá para esquecer da reunião de coisas e suas lembranças. Ora tumultuada, ora serena.

E lá vem aquele dia meio confuso em que aquele copo tão lindo e estável se quebra. Agacha no chão para catar todos os cacos. Varre tudo, passa um pano e tudo novo de novo. Alinhamento de paz e silêncio. Opa! Passou um carro com música alta do lado de fora, não dá para controlar o som. Fecha as janelas, corre. Eba! O som da própria playlist voltou a ter voz.

Viu? Qualquer semelhança não é mera coincidência: Tudo isso acontece com nosso corpo, nossa mente e nossa alma. Assim como no nosso lar, dá angústia pela zona que existe de vez em quando na vida, mas também há a importância do cuidado e do amor consigo mesmo.

Nem sempre as cores das paredes estarão com a melhor pintura, mas é o melhor que podíamos fazer no momento. Mesmo com o caos que nos atropela, os erros e as confusões, devemos olhar com muito carinho para nossa história. Estamos fazendo nosso melhor dentro das nossas possibilidades.

Sempre existe a chance de arrumar a bagunça e desfrutar da calmaria de novo. Olha para quem você é hoje, olha o tanto de estrada você percorreu. Vamos em frente com nossa linda morada.

Foto autoral. Vila do Apeú, Castanhal / Pará, 2020.

15 comentários sobre “Cuidar de si mesmo

  1. E põe bagunça nisso….mas faz parte da vida,do nosso caminhar,na maioria das vezes são essas bagunças que nos tornam melhores..e com elas que evoluimos..o negócio e arrumar a casa e seguirmos em frente sempre!!
    Abençoada Semana .bjs

    Curtir

      1. Hudson

        Que texto interessante, Nicole! Nunca tinha visto sob esse prisma! E é com tumultos, calmarias, bagunças e arrumações que vamos construindo nossa história!
        Ah! Linda foto, lindo vídeo e linda música no seu story !

        Curtido por 1 pessoa

      2. Também adorei essa relação! Me inspirei num texto que a Renata me mandou e depois li isso em outros lugares. Faz muito sentido. Vamos cuidar da gente também.

        Que bom que gostou da foto! Amei essa estrada. Estávamos indo conhecer um lugar bonito, mas demos de cara na porta kkk… coisas do Pará! Nada na internet e telefone não a tendiam. Beijos!!

        Curtir

  2. ESQUINA
    ou “aquele dia meio confuso”

    O que pode haver entre o abraço
    e seu reverso, o anverso sempre
    moendo o que restou do ontem ?
    O que se pode tentar, entre a flor
    e o espinho, senão algum recurso
    já tentado, e que acabou isolado,
    perdido no trevo rumo ao paraíso ?
    Tire o seu sorriso do caminho, diz
    uma canção, ciente do que o mundo
    faz a si próprio, ciente
    de que o homem é animal fundo.

    DARLAN M CUNHA

    Curtido por 1 pessoa

  3. bom, em nível pessoal sou um caos, um estrago total…mas, na profissão sou metódico e organizado. em casa, gosto de sentar, café por perto, um bom livro, uma boa música ou na janela olhando o tempo passar. arrumar as coisas, sempre deixo para mais tarde. uma maneira tranquila de olhar o cotidiano por mais duro que seja. e mantenho a sanidade em dia.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Também estou no time dos que deixam pra arrumar as coisas de casa depois. Outro dia li algo legal sobre um cara que disse conviver bem com a bagunça de casa: ele disse que significava que ele sabia viver bem no meio do caos. E a vida é um caos. Então pode ser bom pra gente também, toleráveis à bagunça 😄

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s