Família tóxica… ou humana?

Encontrei uma prima que não via há anos e conversamos sobre o lado positivo de não viver muito perto da família. É esquisito escrever isso porque as pessoas com mente “8 ou 80” podem interpretar como “ela não ama a família”. E não tem nada a ver. Ao contrário, sou muito apegada à minha família.

Porém parece que só quando a gente se afasta é que conseguimos observar os padrões, os relacionamentos, os problemas e as confusões que não temos culpa. Quando digo família incluo todo mundo: avós, pais, tias, tios, irmão, primas, primos. Bem, eu e minha prima chegamos a questionar se nossa família era tóxica.

Começamos a puxar todas as histórias do nosso lado materno, o que nos liga. Das nossas mães, da minha avó, do avô dela. E a avó da minha avó e do avô dela. A gente traz muitas histórias que nossa família traz. Hoje eu acredito que minha família não é tóxica, ela é humana.

Nós somos todos humanos e isso significa que temos nossas emoções, vulnerabilidades, medos, angústias. Ninguém aqui nesse planeta Terra é perfeito. A série This is Us abriu ainda mais meus olhos para isso. Até a família que você olha e pensa: “nossa, mas que perfeitos”. Eles não são, acredite. Tem muita coisa na mochila de cada indivíduo.

Talvez seja isso: indivíduos. A família é composta por diferentes indivíduos que possuem diferentes vivências, traumas, desejos. E o desafio de cada um, no meu palpite, é buscar conhecer a si mesmo e amar da maneira que puder, no limite saudável que puder.

Obrigada pela sua leitura!

Com amor,

Nicole

Clique aqui e converse comigo também pelo Instagram.

Foto autoral. Igarapé Encontro das Águas, Apú / Julho, 2021.

20 comentários sobre “Família tóxica… ou humana?

  1. elcieloyelinfierno

    Entrada muito real e clara! Ser diferente é o que nos une. Ser tóxico é quem parece ser o que não é e causa um rompimento em algum momento, já que se torna insuportável ter um relacionamento com ele. Outro abraço de volta, Nicole!

    Curtido por 2 pessoas

  2. Mais um texto incrível e verdadeiro. Em minha adolescência, acreditava que minha família era tóxica. Hoje, madura, reconheço que somos todos humanos e falíveis. Estamos juntos nessa estrada chamada vida, para aprendermos a ser melhores. Beijos

    Curtido por 1 pessoa

      1. Sei bem o que isso significa. Precisei fazer terapia para enxergar e desapegar das vidas familiares. Isso sem deixar de amá-los. Hoje sou mais leve e feliz e tenho consições de ajudar sem viver problemas alheios. Bjs

        Curtido por 1 pessoa

  3. Alex Antunes

    Eu acho muito interessante esse conceito de tóxico adicionado aos relacionamentos. Interessante porque nos ajuda a perceber que um relacionamento pode nos fazer mal como uma toxina. Infelizmente há relacionamentos que podem ser tóxicos. Como é triste quando uma família é tóxica para um de seus membros. Nesses casos, eu acho que não é errado se afastar da família ou do familiar que nos faz mal. O pior é quando a pessoa não consegue romper o laço familiar negativo. Ela se torna uma espécie de escrava dentro da própria família. Muito triste isso!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Alex!!!! Que bom te ver aqui!!! Deve ser muito difícil quando não é possível se afastar da família que faz mal. E há muitas famílias que não fazem bem! É até difícil tentar dar alguma sugestão, porque só quem esta no lugar de sofrimento sabe o que está vivendo. Desejo que apareça algum caminho possível de liberdade, talvez investir a energia em algo que gosta e evitar dar atenção a quem faz mal. Enfim, complexa a situação…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s